A técnica de conservação de alimentos surgiu no século XIX com o uso da conservação pelo uso do calor em recipientes hermeticamente fechados. Esses processos de conservação têm por objetivo manter durante maior período as qualidades sanitárias, o valor nutritivo dos alimentos, eliminar microorganismos e retardar a proliferação de patologias.

Algumas tecnologias auxiliam na durabilidade do produto, como:

Desidratação

Consiste na retirada de parte da água presente no alimento através da temperatura, por secagem ou liofilização. Assim, diminui as reações de degradação, ou seja, o produto estraga com menos facilidade possuindo um prazo de validade maior, como cacau em pó, temperos, coco ralado, chips de legumes e frutas.

Embalagens à vácuo

Este processo consiste em retirar todo o ar que está em contato com o produto e a embalagem, garantindo assim alta durabilidade e a conservação dos nutrientes presentes.

Defumação

 

A defumação dos alimentos é realizada pela impregnação de essências aromáticas, sendo as mais recomendadas de: ipê, eucalipto, goiabeira e aroeira que se desprendem da combustão da madeira. Podendo ser defumados queijos, carnes bovinas e peixes com o intuito de aumentar o prazo de validade e o sabor.

Congelamento

Submeter os alimentos a temperaturas baixas (-18°C) faz com que não haja proliferação de microrganismos e outras reações químicas.

Fermentação

 

Os açúcares presentes naturalmente ou adicionados são transformados em ácidos ou em álcool, por exemplo a transformação da lactose em ácido lático, nos iogurtes. Assim, o produto se torna mais ácido e mais durável facilitando a digestão, como a kombucha, iogurtes, kefir, misô, conservas e o picles de vegetais.

Conservação natural com a própria gordura do alimento

Azeite, óleo de coco, pasta de castanhas e sementes são exemplos de alimentos ricos em gorduras naturais em sua composição, se tornando conservantes naturais pela baixa quantidade de água presente no produto.

 

Esses processos podem resultar em produtos duráveis e ainda serem opções saudáveis, lembrando sempre de verificar o rótulo conferindo os ingredientes adicionados.

E você, já conhecia essas técnicas de conservação de alimentos? Conta pra gente o que achou!