Slow food é um movimento fundado por Carlo Petrini em 1986, que tem como princípio o direito ao prazer da alimentação por meio de produtos artesanais de qualidade respeitando o meio ambiente e quem os produz. Melhorando a qualidade da alimentação, tornando-se uma voz ativa na agricultura e na ecologia e defendendo a biodiversidade na cadeira de distribuição alimentar.

Pesquisas publicadas no “Journal of the Academy of Nutrition Dietetics” afirmam que a alimentação consciente pode diminuir sintomas de doenças as quais exigem dietas específicas como distúrbios alimentares, problemas na digestão, diabetes, entre outras, melhorando de forma significativa o controle glicêmico em pacientes diabéticos, perda de peso e qualidade da dieta.

O Slow Food se tornou uma associação internacional sem fins lucrativos em 1989 e que atualmente possui mais de 100.000 membros, com escritórios na Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido, e apoiadores em 150 países, sendo sua sede internacional do Slow Food em Bra, na Itália.

Filosofia do Slow food

A filosofia do movimento Slow food acredita que todos têm o direito ao prazer de comer, bem como a responsabilidade de defender a herança culinária seguindo a ecogastronomia. O alimento que ingerimos deve ter sabor, cultivado de maneira limpa, sem prejudicar a saúde, o meio ambiente e os animais, sendo essencial que os produtores devem receber um valor justo.

Benefícios de uma alimentação mais consciente 

  • Melhora da relação com a comida
  • Ajuda no estado de ansiedade
  • Diminui sintomas de doenças
  • Auxilia a evitar a alimentação por causas emocionais

Mindful eating 

Também chamada de alimentação consciente, auxilia a saúde física e mental do indivíduo. No Brasil, existe uma iniciativa da ONG Mercy For Animals Brasil que promove saúde e sustentabilidade nas alimentações em larga escala de universidades, refeitórios de escolas, hospitais, empresas e restaurantes.

Dicas para começar a praticar a alimentação consciente:

  • Observar: ao ingerir qualquer alimento, perceba o que e como se está consumindo.
  • Mastigar devagar: saboreie a textura, o sabor e o aroma dos alimentos.
  • Descanse entre cada mastigação do alimento: auxilia no estado de ansiedade.
  • Perceba os 5 sentidos: esteja completamente presente, se desligando de distrações como televisão, celular, entre outros.

 

Efeito Sophie

Sophie Deram é uma nutricionista doutora da USP que defende que o comportamento alimentar é tão importante quanto os nutrientes que se consome. Oferece um curso online que tem o intuito de resgatar o equilíbrio alimentar, identificando e melhorando seus hábitos através do método ENCORE, do francês “encore” significa: novamente, mais uma vez, ENergia, COmer e RElaxar.

“É inútil forçar os ritmos da vida. A arte de viver consiste em aprender a dar o devido tempo às coisas.”
Carlo Petrini, fundador do Slow Food

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o Slow Food, conta pra gente se você já possuía esses hábitos desse movimento.