Descubra todos os benefícios do própolis e como inseri-lo em seu cotidiano!

O própolis pode ser encontrado em diversas colorações e cada vez mais se descobre benefícios como ação antioxidante, efeito antibacteriano, ótimo aliado para quem pratica atividades físicas à noite ou possui sono desregulado, pois estimula a produção de melatonina entre outros benefícios.

Saiba a diferença entre própolis e mel

Muitos confundem essas substâncias pelas duas serem produzidas pelas abelhas, porém suas funções e constituições são diferentes, sendo o própolis uma substância resinosa proveniente de um conjunto complexo de substâncias a partir de árvores, folhas, flores e pólen. Já o mel é um líquido viscoso e açucarado também produzido pelas abelhas a partir da coleta do néctar das flores e assim é armazenado na colméia em favos.

Tipos de própolis

Própolis verde

Somente no Brasil é possível encontrar esse tipo de própolis que provém da planta Baccharis dracunculifolia conhecido popularmente por alecrim-do-campo, que partir dela as abelhas produzem o própolis verde.

Esse tipo de própolis é conhecido por especialistas da área da saúde como um antibiótico natural utilizado na cicatrização de feridas, uma vez que é capaz de metabolizar e estimular a produção de substâncias fundamentais para a pele, como o colágeno e assim qualquer tipo de ferida pode se regenerar com mais rapidez e facilidade.

Além de apresentar proteínas que são capazes de equilibrar o sistema imunológico visto que, quando presentes no organismo, intensifica o trabalho dos receptores que atuam na produção de citocina as quais são responsáveis por emitir sinais que regulam a imunidade.

Também tem sido bastante eficaz na redução dos efeitos colaterais em pacientes que passam por tratamento de quimioterapia e auxilia em dores de garganta, tratamento de acne e fortalecimento capilar, pois apresenta ações anticancerígenas, antibacterianas e anti-inflamatórias.

O própolis verde pode ser consumido por meio de cápsulas, que são ideais para ingerir grandes concentrações da substância; anti séptico bucal frequentemente usado para evitar inflamações na gengiva e cáries; em spray para prevenir dores de garganta e uma das opções mais acessíveis para o consumo: o mel combinado com própolis, sendo necessário cuidado com a quantidade de açúcar presente na fórmula do produto.
Geoprópolis

Esse termo é utilizado com o intuito de diferenciar o própolis produzido pelas abelhas sem ferrão daquele produzido por outra espécie, apresentando ação antimicrobiana e antioxidante.

Própolis vermelho

É mais conhecido como rabo-de-bugio e por essa planta vir do nordeste brasileiro, na região do mangue, possui coloração vermelha sendo rica em constituintes os quais não são encontrados em outros tipos de própolis como isoflavonas, que auxiliam na melhora dos sintomas da insônia e medicarpina, responsável pela atividade antimicrobiana. Como forma de aplicação pode-se usar xampu a base de própolis vermelho como combate à caspa.

Própolis marrom

É também conhecido como tradicional ou própolis comum, encontrado facilmente em todo o território nacional com concentrações mais baixas de enzimas, flavonoides e outros componentes quando comparada ao própolis verde ou vermelho que são usados para o tratamento de várias doenças, com resultados menos satisfatórios, porém com sua importância antibactericida.

Saiba como incluir o própolis em seu dia a dia

Uma ótima sugestão de receita de shot para tomar toda manhã é: água com limão juntamente com própolis, podendo adicionar a glutamina para potencializar o efeito. Esprema metade de um limão em um copo com água morna, adicione algumas gotas de própolis e beba de preferência 30 minutos antes de tomar o café da manhã.

Para problemas respiratórios, faça inalações a vapor adicionando na água fervida algumas gotas de extrato de própolis e uma ótima dica para dor de garganta é utilizar 4 gotas do mesmo para fazer um gargarejo, podendo repetir várias vezes por dia para melhores efeitos.
E você, já incluiu própolis em sua rotina diária?