Intolerância ao Glúten: como acontece?

É cada vez mais comum encontrarmos pessoas com intolerância ao glúten, mas como ela acontece? O glúten é um conjunto de proteínas encontrado principalmente em cereais como o trigo, o centeio e a cevada. Atualmente, ele é utilizado na produção de grande parte dos alimentos presentes na dieta ocidental, principalmente para dar forma a produtos de panificação e massas.

Entretanto, algumas pessoas podem apresentar (ou desenvolver) sensibilidade, alergia ou – em casos mais graves – Doença Celíaca (DC), uma complicação em que as células do corpo apresentam intolerância ao glúten, causando um processo inflamatório no organismo.

Essa inflamação acontece no intestino delgado, causando uma diminuição da absorção de nutrientes. Este tipo de intolerância geralmente é identificado na infância, mas também pode se surgir na fase adulta, caso o glúten seja consumido em excesso.

Apesar de poder ocorrer de forma assintomática, é comum que sintomas como fadiga excessiva, anemia, problemas intestinais e dermatites sejam percebidas. O tratamento mais comum é a remoção do glúten e alimentos que o contenham da dieta.

Mas lembre-se que, em caso de suspeita de intolerância, é muito importante que um médico seja consultado antes que qualquer alteração da rotina alimentar seja feita! Afinal, apenas através de exames acompanhados será possível determinar com certeza se o glúten é o real causador da inflamação.

Caso você não seja celíaco, mas queira seguir com uma dieta sem glúten, também precisa consultar um especialista antes, pois a remoção dos alimentos processados com glúten deve ser devidamente planejada e compensada com a ingestão equilibrada de outros grãos integrais e hortaliças.

 

Aqui na Bianca Simões, temos exatamente essa preocupação. Nossos produtos são 100% livres de glúten e cuidadosamente formulados para garantir equilíbrio nutricional, além de muito sabor e praticidade. Acesse a nossa loja e confira todas as nossas opções!

 

Fonte: ARAÚJO, Halina Mayer Chaves et al. “Doença celíaca, hábitos e práticas alimentares e qualidade de vida”. RESENDE, Paula Valladares Guerra. “Doenças relacionadas ao glúten”. Associação Brasileira de Nutrição – ASBRAN. “Glúten: o que você precisa entender”. PANTALEÃO, Lucas Carminatti. “Declaração de Posicionamento da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição sobre Dieta sem Glúten”.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.

TOPO

X