A leitura do rótulo deve ser uma obrigação para as pessoas que desejam seguir uma dieta sem açúcar ou então diminuir o consumo. Há diversos benefícios em restringir ou diminuir o açúcar em sua dieta, como redução do risco de inflamações, câncer de pele, inibe o aparecimento de acnes, além de dar mais disposição.

Segundo a nutricionista Maria Clara Pinheiro, em uma entrevista para a marca Nutry, para a dieta ideal “O melhor é consumir carboidratos em alimentos como frutas, legumes, cereais integrais e grãos”. Não devendo ultrapassar 10% da quantidade de açúcar livre – monossacarídeo (glicose e frutose) e dissacarídeo (sacarose) do consumo diário de energia de uma pessoa, conforme a ONU (Organização das nações unidas) recomenda.

Quanto à restrição total do consumo de açúcar na dieta, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, crianças até 2 anos não devem consumir açúcares, bem como mulheres com ovário policístico, pessoas com quadro de obesidade e indivíduos com resistência a insulina.

Tipos de açúcar

O açúcar possui muitos nomes diferentes e está em xaropes e concentrados diversos. Segundo um estudo da Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF), existem 61 nomes diferentes de açúcar em rótulos de embalagens de produtos. Sendo os mais comuns:
  • Cana de açúcar (cane sugar)
  • Xarope de milho ou xarope de milho rico em frutose (corn syrup or high fructose corn syrup)
  • Açúcar mascavo (brown sugar)
  • Caldo de cana evaporado (evaporated cane juice)
  • Açúcar invertido (invert sugar)
  • Açúcar de beterraba (beet sugar)
  • Extrato de malte de cevada (barley malt)
  • Açúcar de coco (coconut sugar)
  • maple syrup
  • Xarope/mel de agave (agave syrup)
  • Xarope de arroz (rice syrup)
  • Suco de maçã ou uva concentrado (apple or grape juice concentrate)
  • Açúcar demerara (demerara)
  • Mel (honey)
  • sucanat
  • panela or piloncillo
  • muscovado

Malefícios do açúcar

O consumo excessivo de açúcar, segundo o site Medical News Today, pode levar a diversas condições prejudiciais a saúde, como:
  • Colesterol alto
  • Diabetes tipo 2
  • Pressão alta
  • Cárie
  • Placa dentária
  • Obesidade
  • Síndrome metabólica
  • Inflamação crônica

Sugestões de substituição

  • Açúcar de coco: excelente alternativa ao açúcar refinado, pois é um produto pouco processado por ser proveniente do coco e possui índice glicêmico inferior.
  • Açúcar mascavo: esse tipo de açúcar preserva as vitaminas e minerais da cana de açúcar, porém é recomendável baixo consumo.
  • Maltitol: indicado para dietas por ser menos calórico e ser semelhante ao sabor da sacarose.
  • Xilitol: adoçante natural extraído das fibras de diversos vegetais que possui ação anticariogênica.

E você, já adotou a dieta sem açúcar ou diminuiu seu consumo em suas refeições? Conta pra gente!